Fale Conosco

Política

Câmara realiza regabofe “de primeira qualidade” aberto a população

Evento no Facebook convida para o coquetel que será pago com dinheiro dos contribuintes

Publicado

em

Divulgação
Cardápio inclui diversos tipos de queijos e salames, tortelete com creme de palmito, patê de tomate seco e outros

Comemorando 70 anos, a Câmara Municipal de Campo Mourão vai realizar sessão solene no dia 8 de dezembro na sede da Associação dos Engenheiros Agrônomos. a sessão será seguida de um grande coquetel aberto a toda população, já que o evento é público e realizado com recursos dos cofres municipais.

Para atender a solenidade, a Casa do Povo vai contratar cardápio de primeira qualidade, incluindo itens como queijos parmesão, provolone, gouda e gorgonzola; salames Italiano ou milano; lombo; pães círio, croassant e torradas; patês de tomate seco, azeitona; berinjela com nozes; tortelete com creme de palmito; pastel crocante de carne; e escondidinho de carne seca.

Nas redes sociais o assunto tem gerado reações dos moradores e já existe um evento criado no Facebook para divulgar o local e a realização da festividade. A maioria diz que tem interesse de celebrar os 70 anos da instituição e participar do coquetel que será oferecido. “Eu também quero ir. Já que estamos pagando, vamos”, justificou um internauta.

De acordo com documento publicado no site oficial da Câmara de Vereadores, o serviço deve custar em média até R$ 37 por pessoa, mas parece conter um erro na quantidade prevista de participantes. Ao invés de fazer referência ao total de pessoas que a instituição representa, 94.153 segundo o IBGE, o edital de licitação número 19/2017, modalidade pregão presencial, estima comidas e bebidas para apenas 340, o que equivale a insignificantes 0,36% do total de cidadãos que vão pagar as despesas da festa, calculadas em mais de R$ 12,5 mil.

Ainda segundo o edital, as empresas interessadas em atender a festa dos 70 anos da Casa do Povo devem incluir na proposta toalhas de mesa longas, sobre toalha especial branca bordada, no mínimo 11 garçons e outros itens. A abertura dos envelopes com as propostas de preço para definir quem vai realizar o serviço está marcada para o dia 30 de novembro, às 9h, na sede da Câmara de Vereadores.

Comparação

Com base no relatório mensal de gastos da Câmara, o valor da festa a ser consumido em algumas horas paga cerca de dois meses ou aproximadamente 320 horas de trabalho de duas funcionárias terceirizadas que realizam serviços profissionais de copa, incluso os produtos de limpeza e equipamentos de segurança por conta da contratada.

Comente

Comentários