Fale Conosco

Sem categoria

Matéria do i44 News e cancelamento de coquetel da Câmara repercutem no PR

Site parceiro do UOL no PR chamou evento do Legislativo de “festa gourmet”

Publicado

em

A decisão da Câmara Municipal de Campo Mourão de cancelar a sessão solene que havia marcado para o dia 8 de dezembro, seguida de um coquetel para 340 convidados, após o i44 New divulgar que a festa era aberta a população, já que era realizado com dinheiro dos contribuintes, teve ampla repercussão na imprensa paranaense. O assunto foi destaque na capa de sites e portais de jornalismo do Estado na tarde de quinta-feira (23)

“A festa acabou”, destacou o portal “Diário 24h”. O Paraná Portal, que produz conteúdo para o UOL no Paraná, chamou o evento de “festa gourmet”. A notícia também foi reproduzida no blog do jornalista Ângelo Rigon, o mais popular da região de Maringá sobre política e variedades. O jornalista Agnaldo Vieira também divulgou o caso no site Maringá Manchete.

[metaslider id=3565]

O cancelamento aconteceu após divulgação dos atos no portal i44 News, ontem (22), e a discussão virar polêmica nas redes sociais. Para comemorar os 70 anos da instituição, a Câmara pretendia contratar um buffet com mesas de frios e salgados para apenas 340 pessoas, ao custo médio de R$ 37 por convidado. Um evento no Facebook chegou a ser criado por um morador da cidade. O objetivo era convidar outras pessoas a participar das festividades pagas com dinheiro do contribuinte.

O edital de licitação exigia produtos “de primeira qualidade” e cardápio com queijos parmesão, provolone, gouda e gorgonzola; salames Italiano ou milano; lombo; pães círio, croassant e torradas; patês de tomate seco, azeitona; berinjela com nozes; tortelete com creme de palmito; pastel crocante de carne; escondidinho de carne seca e outros itens.

O valor total estimado para gastar apenas com o coquetel, mais de R$ 12,5 mil, seria suficiente para pagar cerca de dois meses ou aproximadamente 320 horas de trabalho de duas funcionárias terceirizadas que realizam serviços profissionais de copa na Câmara, incluso os produtos de limpeza e equipamentos de segurança por conta da contratada.

Na tarde de hoje, o presidente da Câmara, Edson Battilani (PPS), comentou a decisão. Segundo o vereador, o cancelamento da sessão solene e do coquetel foi motivado pela repercussão negativa. Segundo ele, o cardápio era simples e não havia nada de luxo.

Comente

Comentários