Fale Conosco

Cotidiano

Quatro empresas disputam Zona Azul, uma é de Campo Mourão

Todas as licitantes foram habilitadas na primeira fase da concorrência realizada nesta segunda-feira

Publicado

em

Foto: Arquivo / i44 News
Primeira fase da concessão prevê implantação de 1748 vagas controladas pela da Zona Azul

Reunião realizada nesta segunda-feira (22) habilitou quatro empresas na primeira fase de licitação da Zona Azul Digital de Campo Mourão. Participam da disputa a Brascontrol (AppMoove), com sede em Campo Mourão, a Serbert, de Joinville, a Rizzo Parking and Mobility, de Elias Fausto, e a Explora Participações, de Brasília.

As licitantes foram aprovadas no quesito de documentação exigida pelo município. Os trabalhos foram suspensos e aberto prazo para recursos. Nas próximas fases da concorrência serão conhecidas as propostas de técnica e preço que vão definir a empresa vencedora.

De acordo com a ata da reunião, todas as concorrentes manifestaram interesse de apresentar recurso administrativo. O prazo encerra no dia 6 de fevereiro. Segundo o departamento responsável pela licitação, a data da nova reunião será marcada após o julgamento dos questionamentos a serem apresentados pelas empresas.

Tribunal de Contas

Ao mesmo tempo em que a licitação tem seu andamento, um processo aberto junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) tenta impugnar o edital. Para a advogada autora da representação, Atalanta Zsa Zsa Alves Pimenta, de Mogi Mirin (SP), a licitação estaria direcionada.

Ao i44 News, o procurador-geral do município, Robervani Pierin do Prado, disse que as alegações são infundadas e que o município vai responder ao TCE-PR dentro do prazo, a vencer no dia 29.

Zona Azul Digital

A empresa que vencer a licitação deverá instalar 1748 vagas da Zona Azul Digital no primeiro ano de concessão, compreendendo diversas ruas e avenidas da região central da cidade. O estacionamento rotativo deverá funcionar de segunda à sexta das 9h às 18h e aos sábados 9h às 13h.

A tolerância será de 15 minutos para colocação do Zona Azul Digital ou retirada do veículo da vaga de estacionamento. O preço a ser estabelecido é de R$ 1 para permanência de 30 minutos, R$ 2 para 60 minutos, R$ 3 para 90 minutos e R$ 4 para 120 minutos. O aviso de irregularidade deverá custar R$ 10.

O sistema deverá ser instalado entre as avenidas Irmãos Pereira e Manoel Mendes de Camargo, em toda extensão das ruas Roberto Brzezinski, Araruna, Francisco Ferreira Albuquerque, Brasil, Harrison José Borges, São Paulo, Mato Grosso, Santa Catarina, Interventor Manoel Ribas, São José. Entre as Ruas São José e Roberto Brzezinski, em toda extensão das avenidas Manoel Mendes de Camargo, Capitão Índio Bandeira e Irmãos Pereira.

Comente

Comentários