Fale Conosco

Cotidiano

Campo Mourão quer dobrar arrecadação e investimentos para o Natal 2018

Projeto de captação de recursos foi lançado hoje e planeja expandir atrações para os bairros

Publicado

em

As organizações responsáveis pela execução do projeto Campo Mourão Cidade Natal prestaram contas na manhã desta sexta-feira (2). A estimativa é de que 200 mil pessoas foram alcançadas pelas atrações promovidas entre os dias 2 de dezembro e 6 de janeiro. Durante o evento também foi lançado projeto de captação de recursos para edição deste ano. A expectativa é obter R$ 2,3 milhões em patrocínios através de incentivos fiscais pela Lei Rouanet. A proposta prevê ampliar os locais com atrações natalinas e investir na infraestrutura do evento.

Para a coordenadora executiva da Associação Sou Arte, Edilaine Castro, responsável pela captação de recursos e execução do projeto, o objetivo foi alcançado em 2017. “Nós tivemos cerca de 200 mil pessoas passando pela praça, interagindo com a ambientação natalina, nas mostras culturais, na parada de natal. A gente acredita que, para um primeiro ano, foi realmente muito positivo. A acreditamos que para 2018 vamos aumentar muito mais essa demanda porque a divulgação vai chegar ainda mais longe”, comentou.

Em 2017 o projeto foi estimado em pouco mais de R$ 1 milhão e arrecadou quase R$ 740 mil. O balanço registrou um saldo de R$ 1,3 mil que foi devolvido ao Ministério da Cultura. Para 2018 o planejamento é de R$ 2,3 milhões. Edilaine explica que alcançar esse novo valor vai depender do envolvimento de empresas da cidade que podem destinar parte do imposto devido ao governo federal para projetos culturais.

Entre as melhorias a serem contempladas pelo novo projeto constam a confecção de 540 novos figurinos, três trios elétricos, mil camisetas, arquibancadas e cadeiras para mil pessoas, contratar 300 artistas, produzir música natalina, plano de marketing e divulgação, além de expandir as atrações para os bairros.

Na avaliação do prefeito da cidade, Tauillo Tezelli, um diferencial do natal de Campo Mourão foi a forma de financiamento que, segundo ele, evitou a utilização de recursos próprios do município e contou com a parceria do governo federal e das empresas patrocinadoras. “Nas pesquisas que nós fizemos, no número de pessoas que participaram do sorteio da associação comercial e com os comerciantes que conversamos, todos disseram que contrataram gente e que o movimento aumentou”, complementou.

Cidade Natal 2017

Financiando pela Lei de Incentivo à Cultura, do governo federal, o projeto Campo Mourão Cidade Natal 2017, promoveu dois desfiles natalinos na região central da cidade, com a participação de 350 artistas, 12 alas, dois carros alegóricos e dois trios elétricos.

Na praça central, a prefeitura instalou a casa do Papai Noel, organizou barracas de artesanato, venda de pipoca e doces e o trenzinho, 10 mil metros de lâmpadas de led, 125 refletores e a revitalização da praça central.

A programação teve início no dia 2 de dezembro, com a chegada do Papai Noel, e terminou no dia 23 de dezembro. A decoração permaneceu até 6 de janeiro. Foram arrecadados R$ 740 mil de quatro patrocinadores (Coamo, R$ 500 mil, Sanepar, R$ 100 mil, Thermas de Jurema, 90 mil, e Paraná Supermercados, 50 mil).

Comente

Comentários

Copyright®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).