Fale Conosco

Comportamento

Videolocadora resiste à concorrência com serviços de streaming

Pacote com sete filmes por R$ 10 e prazo de uma semana para devolução é um dos atrativos para manter a clientela

Publicado

em

Na contramão do fenômeno que acontece no mundo inteiro, uma videolocadora no centro de Campo Mourão tem conseguido resistir no mercado frente às facilidades oferecidas pela internet para aquisição ou locação de filmes e jogos. Promoções, preços congelados e bom atendimento têm sido algumas das estratégias do empresário Gilmar Bandeira para enfrentar essa concorrência. Ele, que de empregado passou a dono do negócio, atualmente o único em atividade, diz que a cidade já chegou a ter oito videolocadoras.

Bandeira comenta que com o avanço da oferta de internet de alta velocidade nas residências brasileiras, também cresceram as opções de plataformas digitais para assistir filmes sem a necessidade de sair de casa. Segundo ele, essa realidade acaba tornando difícil se manter no mercado com a loja física, considerando ainda que essa modalidade de comércio possui despesas fixas – como aluguel, água e luz – que os serviços virtuais não têm.

Apesar do cenário pouco favorável, o empresário conta que o fato de estar no mercado há 15 anos e a opção de seus clientes por esse modo tradicional de adquirir filmes têm viabilizado o negócio. “Nós temos uma clientela muito boa. Como a gente está vindo de uma caminhada longa, temos um público fiel. Mesmo assim a gente acaba perdendo alguns para as novidades que estão no mercado. Mas tem muita gente que vem e diz que a locadora é diferente porque aqui você pode vir, pegar o filme, manusear o produto” disse.

Outra estratégia utilizada pelo empresário está no preço. Apesar de chegar quatro meses depois do lançamento no cinema, os filmes disponíveis na videolocadora têm preços acessíveis. Os lançamentos, por exemplo, custam R$ 6 cada e, segundo Bandeira, esse valor está congelado há dois anos. Se não for lançamento, a loja oferece uma opção com preço mais atraente. O usuário leva sete filmes, paga R$ 10 e tem uma semana de prazo para devolução.

A vendedora Izabella Vargas, 21, diz que conhece as facilidades da internet, mas não troca a videolocadora. Para ela é importante o atendimento presencial e também a qualidade das mídias. “Na internet, às vezes você está assistindo um filme e trava, a qualidade é ruim, mas alugando aqui isso não acontece”, disse. Cliente há cinco anos, ela comentou que aproveita o pacote promocional e aluga filmes para assistir em casa nos finais de semana.

Já para o engenheiro Marcos Maciel, 50, o atrativo da locadora são os jogos de console que garantem diversão para a família inteira. “A minha busca maior aqui são os jogos de console, até porque comprar um jogo hoje é muito caro e a opção de alugar sai bem mais barato. É uma forma de você ter uma diversidade de títulos sem ter que investir muito”, afirmou.

De empregado a empresário

Gilmar disse que se mudou do município de Boa Esperança para Campo Mourão com o objetivo de se formar em Pedagogia. Em 2003 começou a trabalhar como funcionário da locadora para conseguir se manter na cidade. Concluiu a faculdade, mas nunca chegou a atuar na área. De empregado passou a dono do negócio com mais dois sócios. Com o passar dos anos, relata que viu outras sete concorrentes fechar as portas por não resistir a concorrência com a internet. Para ele, além do preço, o bom atendimento é um diferencial que tem mantido a clientela e a videolocadora.

Comente

Comentários

Copyright®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).