Fale Conosco

Cotidiano

Irmãos Hang visitam Gallassini, mas não há alteração oficial no plano de expansão da rede

Prefeito foi surpreendido ao ser perguntado se era “uma conquista de sua administração”

Publicado

em

Foto: Reprodução / Facebook
Luciano Hang, dono da rede de lojas de departamentos Havan

A presença dos irmãos Luciano e Nilton Hang, presidente e diretor de expansão de rede de lojas de departamentos Havan, em Campo Mourão na tarde de quarta-feira (13), teve como objetivo principal uma visita ao presidente da Coamo Agroindustrial, Aroldo Gallassini. O trio mantém um bom relacionamento e Gallassini é nascido em Brusque (SC), cidade natal dos Hang e onde está localizada a sede da Havan.

Mesmo com a visita, não há alterações até o momento nos planos da Havan. A cidade continua como forte candidata a sediar uma das lojas do grupo. No entanto, atualmente a empresa desenvolve somente um estudo de viabilidade e prospecção de áreas para a possibilidade de um futuro empreendimento no município.

Conforme já havia adiantado a assessoria de imprensa da rede ao i44 News, para 2018, a Havan tem metas de instalar e ampliar lojas em Florianópolis (SC), Joinville (SC), Palhoça(SC), Itajaí (SC), Balneário Camboriú (SC), Lages (SC), Gaspar (SC), Vilhena (RO), Vitória da Conquista (BA), Campinas (SC) e Mogi Mirim (SP).

Duas novas lojas também foram incorporadas ao planos deste ano: Passo Fundo (RS) e Caxias do Sul (RS). Campo Mourão não está na lista de prioridades para 2018. Procurada, a assessoria de imprensa da Havan informou ao i44 News que ainda não há confirmação oficial sobre instalação da loja na cidade.

O principal entrave para uma futura unidade da Havan na cidade, continua sendo a localização. Definida esta etapa, a empresa catarinense deve contratar um empresa que atua no ramo de built to suit – termo utilizado pelo setor imobiliário para contratos de locação a longo prazo no qual o imóvel é construído para atender os interesses do locatário, já pré-determinado.

Noticiada por alguns veículos de comunicação da cidade como concretizada, a instalação vai depender ainda de outros fatores como o estudo de viabilidade, ainda em fase de elaboração. A amizade dos empresários catarinenses com o presidente da Coamo, pode ser fator favorável à instalação no futuro.

Prefeito surpreendido

No final do ano passado, a possível instalação da Havan na cidade foi anunciada pelo prefeito Tauillo Tezelli (PPS) antes mesmo do grupo catarinense bater o martelo sobre a cidade escolhida para sediar mais uma loja da rede. Fontes ligadas ao grupo, ouvidas pelo i44 News, disseram que a antecipação do prefeito – que anunciou publicamente a instalação da loja da cidade durante uma entrevista em uma rádio – causou constrangimento na direção da empresa.

Na quarta-feira, o prefeito foi mais comedido. Não citou prazos, mas disse que torce “para que seja o mais rápido possível”. Ao falar com um programa veiculado em uma emissora, administrada por familiares, Tauillo foi surpreendido com a afirmação que a  a intenção de instalação seria “uma conquista de sua administração”.

O prefeito negou. “Não é da minha administração né?. É um empresário que quer ganhar dinheiro, quer crescer e que procura os locais que vê oportunidade de resultados né? E Campo Mourão, como ele montou em outras cidades do Paraná, Campo Mourão não poderia ficar de fora”.

Comente

Comentários

Copyright ®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).