Fale Conosco

Polícia

Combate ao tráfico é prioridade do novo chefe da 16ª SDP

Secretário de Segurança acompanhou a posse de Gustavo Alves na Acicam

Publicado

em

O delegado Gustavo de Pinho Alves assumiu nesta sexta-feira (4) a chefia da 16ª Subdivisão Policial (SDP) de Campo Mourão.

Alves atuava como titular do núcleo em Maringá da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) e vai ocupar o posto de Nagib Nassif Palma, que freou o número de homicídios na cidade e foi empossado no mês passado para coordenar a 15ª SDP de Cascavel.

“Vou diminuir o máximo possível a criminalidade em Campo Mourão e na região”, prometeu Alves, durante cerimônia de posse na Associação Comercial de Campo Mourão (Acicam).

O foco da nova chefia é o combate ao tráfico. “Daremos uma ênfase maior na inteligência da 16ª SDP para desmantelar quadrilhas que agem na região. Vamos combater o tráfico, que gera outros crimes graves, como homicídio, furtos, roubos.”

Em discurso, Alves afirmou que quer manter a integração entre as forças de segurança pública para diminuir os índices de criminalidade.

Estilo das ruas

O novo delegado diz ter uma postura de trabalho semelhante à de Nagib, que sempre esteve nas ruas, participando das ações, lado a lado com os investigadores. “Meu perfil é bastante operacional. Em três anos no Denarc de Maringá, nós apreendemos mais de 100 toneladas de drogas e participei da maior parte dessas operações.”

Antes mesmo de assumir oficialmente o cargo, Alves diz ter ficado satisfeito, na última quarta-feira (2), ao observar a rapidez com que a Polícia Civil se organizou para apreender três suspeitos de tráfico que transportavam cigarros contrabandeados do Paraguai em um caminhão, na rodovia BR-487. “A subdivisão está bem estruturada e desenvolve o trabalho com eficiência”, elogiou.

Cenário favorável

Segundo Júlio Reis, secretário de Segurança do Paraná, os índices de criminalidade em Campo Mourão são “extremamente favoráveis”, comparando os dois trimestres de 2017 e 2018.

“Houve redução de 85% no roubo de veículos e quase 40% dos crimes de roubo em geral. Os índices de homicídios estão praticamente mantidos, mas com quase todos solucionados. É um trabalho muito eficiente que a Polícia Civil faz”, comentou.

Trajetória premiada

Formado em Direito pela Universidade Federal de Goiás, Alves completa uma década de carreira neste ano. O combate ao tráfico de drogas é referência em unidade policiais. Só no ano passado, o delegado coordenou a apreensão de 50 toneladas de drogas em Maringá e região.

Atuou como delegado em Santa Catarina e foi contemplado com a Medalha Águia da Fronteira concedida pelo Departamento de Operações de Fronteira (DOF), no Mato Grosso do Sul, e foi consagrado com a Medalha do Mérito Legislativo Pedro Ludovico Teixeira, maior honraria da Assembleia Legislativa de Goiás.

 

Comente

Comentários

Copyright®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).