Fale Conosco

Política

Nome histórico da legenda, Amelinha Hruschka deixa o MDB

Ex-deputada e o filho Celso, ex-vereador em Campo Mourão, se filiam ao PROS

Publicado

em

Nome histórico do MDB municipal e estadual, a ex-deputada Amélia Hruschka surpreendeu o meio político de Campo Mourão nesta quinta-feira (24) ao anunciar sua saída do MDB, onde estava filiada desde o início dos anos 2000. Amelinha, como é conhecida, é considerada nome de peso no partido e era consultada nas principais decisões locais da sigla partidária.

Junto com Amelinha, também deixa o partido o ex-vereador Celso Hruschka, seu filho. Os dois decidiram se filiar ao Partido Republicano da Ordem Social (PROS), presidido no Paraná pelo deputado federal Toninho Wandscheer.

Ex-deputada por dois mandatos – de 79 a 87 -, Amelinha justifica que a nova escolha está mais alinhada com sua ideologia e luta em favor dos mais necessitados. “É um partido,que além de defender a redução da carga tributária, também se preocupa com o desenvolvimento de renda e distribuição igualitária. Isso é o que me atraí, pois minha luta política sempre foi desenvolvida com este objetivo”, diz ela.

Amelinha também não esconde que a mudança está relacionada com as opções do partido para as próximas eleições.”Precisamos de pessoas mais sensíveis e dispostas ao diálogo no governo. Estou surpresa com o jeito de governar da Cida e me identifico com suas prioridades e a interiorização da administração que está acontecendo”, fala ela.

Política experiente

Aos 85 anos, Amelinha continua em plena atividade política e seu trabalho é reconhecido pela população. Apelidada de “Mãe dos Pobres’ durante seus mandatos, Amelinha iniciou sua carreira na política em 77, sendo eleita como a vereadora mais votada da cidade e a primeira mulher a ocupar o cargo. Em 82, foi eleita deputada estadual. No período de 79 a 87 foi suplente do então senador Afonso Camargo.

Amelinha foi superintendente da Legião Brasileira de Assistência (LBA) no Paraná e foi autora da lei que emancipou Luiziana. Ela também redigiu a lei  que instituiu a divulgação dos direitos humanos nas escolas estaduais.

Comente

Comentários

Copyright®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).