Fale Conosco

Cidade

Vândalo quebra casinha de cães de rua no centro de Campo Mourão e causa indignação

Vídeo de câmera de segurança mostra momento em que jovem chuta a casinha. Polícia tenta identificar autor

Publicado

em

Uma casinha para cachorros de rua foi parcialmente destruída por um jovem em frente a uma loja de calçados e roupas no calçadão no centro de Campo Mourão. Imagens do ato de vandalismo publicadas pela dona do estabelecimento causaram indignação nas redes sociais.

Pela câmera de segurança da loja, um jovem de boné aparece em frente ao estabelecimento às 3h37 de domingo (5) e quebra o telhado de fibrocimento da casinha com um chute. No vídeo é possível perceber, pelo reflexo na vitrine, que ele está acompanhado de uma mulher. Mas ela não tem participação na ação.

A proprietária do estabelecimento, Sandra Curriel, está em São Paulo e disse que deverá registrar um boletim de ocorrência da Polícia Civil nesta terça-feira (7).

Sandra mantém há cerca de 3 anos duas casinhas em frente à loja com água e ração para cães de rua. Quatro cachorros, Vovô, Serzinho, Ser Humaninho e Meninona, costumam dormir no estoque do estabelecimento.

De acordo com Sandra, esta foi a segunda vez que uma das casinhas foi alvo de vandalismo. A primeira ocorreu em janeiro do ano passado e ela chegou a ser ameaçada por divulgar as imagens na internet.

A comerciante afirma que a pessoa que quebrou a casinha em 2018 se redimiu e comprou outra. “É uma situação bem difícil porque são vândalos e existe o receio que façam algo ruim com os cachorros, funcionárias ou com a loja”, diz.

Sandra é umas das comerciantes da região central de Campo Mourão que cuida de cães de rua. Alguns colocam água e ração em frente aos estabelecimentos. Além dos quatro cachorros que dormem no estabelecimento, outros aparecem em frente a loja de Sandra para se alimentar e descansar.

A Associação dos Protetores de Animais Independentes (Pais) estima que 20 mil cães, entre errantes (sem donos) e semidomiciliados (que possuem donos e ficam nas ruas) circulem pelas ruas de Campo Mourão.

O delegado-chefe da 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão, Nilson Rodrigues da Silva, disse que a polícia trabalha para identificar o autor do crime e que aguarda a comerciante fazer o boletim de ocorrência.

O artigo 163 do Código Penal prevê detenção de 1 a 6 meses ou multa para quem destruir, utilizar ou deteriorar coisa alheia.

Repercussão

O caso gerou grande repercussão nas redes sociais depois que Sandra publicou fotos da casinha quebrada e dos cães que ela abriga no estabelecimento comercial. “Quanta maldade de quem fez isso. Deve ser um monstro essa pessoa”, diz um dos comentários.

Para a gerente de loja Simone Novais, 31 anos, a situação causa indignação porque Sandra se esforça para ajudar animais que estão nas ruas. “Fiquei indignada porque fazemos de tudo para ajudar animais de rua. A pessoa que estragou a casinha não tem coração”, disse.

Simone também tem uma casinha para cães na calçada em frente à casa em que mora no Jardim Sol Nascente, que está acorrentada para não ser roubada. Três cachorros têm abrigo, alimento e água e outros aparecerem esporadicamente.

A dona de casa Cleide Aparecida da Silva, 45 anos, que mora em Curitiba e nesta segunda-feira (6) estava passeando no centro de Campo Mourão, diz que o ato foi covarde. “É uma covardia. Tenho animais em casa e são tratados muito bem. Se os animais estão na rua e alguém está cuidando pra que quebrar a casinha deles?”

O educador Moisés Moreira, 40 anos, lamentou o ocorrido. “É muito triste. A gente adotou uma animal em casa e sabe o quanto é importante isso. É desrespeito com quem está tendo a atitude de ajudar”, afirmou.

Comente

Comentários

Copyright®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).