Fale Conosco

Economia

Tarifa da Copel terá reajuste médio de 3,41% a partir de segunda-feira

Para consumidores residenciais, aumento será de 2,92% e alta tensão terá reajuste de 4,32%

Publicado

em

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (18) reajuste médio de 3,41% nas tarifas da Companhia Parananense de Energia (Copel). A nova tarifa começa a vigorar a partir da próxima segunda-feira (24).

O porcentual de aumento na conta de luz varia de acordo com o perfil da unidade consumidora.

Para consumidores conectados à alta tensão, o aumento será de 4,32%, enquanto para a baixa tensão, a alta será de 2,92%.

O aumento ficou abaixo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – indicador oficial de preços -, que foi de 4,66%.

Em junho do ano passado, os consumidores residenciais tiveram aumento de 15,06% na conta de energia. Já para o setor industrial, o reajuste foi de 17,55%.

O gasto médio residencial por mês é de 170 kWh. A Copel atende a 4,6 milhões de unidades consumidoras no Paraná. Copel registrou lucro de R$ 390,8 milhões no quarto trimestre de 2018, um crescimento de 2,9 vezes ante o registrado no mesmo período de 2017.

Comente

Comentários

Copyright®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).