Fale Conosco

Polícia

Quiosques no calçadão de Campo Mourão são alvo de arrombadores

Entre quarta-feira e esta sexta-feira, três quiosques e uma loja estiveram na mira de ladrões

Publicado

em

O assunto no calçadão do centro de Campo Mourão nesta sexta-feira (28) foi a insegurança que tomou conta da área com uma série de tentativas e arrombamentos a estabelecimentos comerciais. Entre quarta-feira (26) e hoje, três dos cinco quiosques e uma loja de utensílios foram alvo de ladrões. Uma recente onde de furtos na cidade tem assustado comerciantes.

O comerciante João José Colho, 62 anos, chegou às 8h nesta sexta-feira no quiosque de sorvete e viu que um vidro na lateral estava quebrado. O ladrão levou R$ 150 em dinheiro e quebrou um aparelho de tevê.

O quiosque foi invadido três vezes em 2 anos. Pela manhã, João e a funcionária estavam arrumando o local.

Imagens de uma câmera de segurança de uma loja na frente mostram o ladrão com blusa, bermuda e boné saindo tranquilamente do estabelecimento. “A gente trabalhando e eles fazendo vandalismo. É complicado”, disse o comerciante.

Na mesma madrugada, em dois quiosques ao lado houve tentativa de arrombamento. Um dos estabelecimentos já havia sido invadido na quarta-feira. O ladrão levou dinheiro que estava no caixa. Também ficou o prejuízo com os danos às estrutura. “A gente fica com medo e sabe que trabalhar no comércio pode ser abordada por alguém a qualquer momento. Assusta”, afirmou Pâmela Lacerda da Silva, 20 anos, funcionária do quiosque invadido.

Também na quarta-feira, um homem tentou abrir a porta de vidro de uma loja de utensílios na proximidade dos quiosques. Um vídeo mostra ele mexendo na porta. “Pessoal está vandalizando o comércio de Campo Mourão”, diz Pâmela.

A PM infirmou que um jovem de 19 anos foi detido suspeito de tentar arrombar um quiosque no calçadão na madrugada desta sexta-feira.

Levantamento do 11º Batalhão de Polícia Militar de Campo Mourão mostra que entre 1º de janeiro e a última quarta-feira foram registrados no município 118 furtos e 23 roubos a estabelecimentos comerciais e 309 furtos e cinco assaltos a residências.

Nesta sexta-feira de manhã, houve uma manifestação em frente a prefeitura para cobrar mais segurança e maior rigor do Judiciário na manutenção de prisões em flagrante por furto e roubo.

O movimento “Mais segurança Campo Mourão. Bandido bom é bandido preso” é uma mobilização iniciada por vítimas de ladrões na cidade e tem apoio de entidades.

Comente

Comentários

Copyright®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).