Fale Conosco

Administração Pública

Empresas de outras cidades ficam com 63% dos valores de licitações da prefeitura, diz OSB Campo Mourão

São R$ 12.915.018 dos R$ 19.052.540 referentes a processos entre janeiro e agosto deste ano

Publicado

em

Levantamento do núcleo de Campo Mourão do OSB (Observatório Social do Brasil) mostra que empresas de outras cidades ficaram com 63% dos R$ 19.052.540 movimentados por 128 licitações da prefeitura (administração direta) entre janeiro e agosto deste ano. Na Câmara, o resultado foi um pouco maior e superou 70%.

No período, conforme a pesquisa, R$ 12.915.018 são de processos abertos pela prefeitura vencidos por empresas de fora e R$ 6.137.442,62 por fornecedores instalados em Campo Mourão. Na Câmara, R$ 344.771 para empresas de outras cidades e R$ 103.095 para as locais.

Segundo a presidente do OSB de Campo Mourão, Carolina Sequinel, as explicações para a maior participação de empresas sediadas fora de Campo Mourão em licitações do Executivo e Legislativo são a falta de capacitação e o conceito enraizado de que a “prefeitura não paga” de parte das companhias locais. “Muitos empresários disseram que têm medo de não receber da prefeitura e outros que não sabem como participar dos processos licitatórios”, disse.

A intenção do OSB Campo Mourão é fazer uma parceria com a Acicam (Associação Comercial de Campo Mourão) e Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e formatar cursos de capacitação para empresas participarem das licitações. “O dinheiro, em vez de circular em Campo Mourão, fomentar o comércio, envolve a economia de outros municípios”, afirmou Carolina.

Para o OSB Campo Mourão, a contratação pela prefeitura e Câmara de empresas da cidade estimula a economia e gera empregos e tributos.

Em junho deste ano, o município registrou saldo negativo de 46 postos de trabalho com carteira assinada, resultado de 601 admissões e 647 demissões, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério da Economia.

No primeiro semestre de 2019, o desempenho foi de 216 postos de trabalho, com 4.552 contratações e 4.336 desligamentos. Nos últimos 12 meses encerrados em junho, o saldo é de 814 vagas formais em Campo Mourão.

De acordo ainda com o levantamento, nas licitações da Fundacam (Fundação Cultural) e Fecam (Fundação de Esportes) são predominantes contratações de serviço e produtos de empresas da cidade, mas os valores das contratações são reduzidos.

Comente

Comentários

Copyright®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).