Fale Conosco

Cidade

Ostentação? Cidade vai comemorar aniversário com 2,2 toneladas de picanha na chapa em almoço grátis

Para o prefeito não é ostentação, mas privilegiar quem mora em Quinta do Sol

Publicado

em

A prefeitura de Quinta do Sol (a 33 km de Campo Mourão) vai oferecer almoço gratuito à população em comemoração ao aniversário da cidade com 2,2 toneladas de picanha. Mas só quem reside na cidade poderá provar a carne na chapa com arroz, farofa, maionese e salada.

Com a recente disparada do preço da carne, o quilo de picanha em açougues em Campo Mourão é vendido a R$ 70. Mas a prefeitura vai pagar R$ 39,50 para o almoço de aniversário de 55 anos da cidade porque abriu o processo licitatório antes da alta.

Segundo o pregoeiro da administração municipal, Rafael Fonseca, um supermercado de Quinta do Sol venceu o pregão presencial. As 2,2 toneladas totalizam R$ 86.900. “Hoje, com preço da carne em alta, seria outro valor, pelo menos de R$ 50 por quilo”, disse.

A licitação para compra da carne especifica “corte composto pela picanha. O corte deverá ter 3 centímetros acima da veia, não necessitando de camada de gordura, podendo conter falhas, cortes e nervo lateral. O produto é desossado e refilado, devendo ficar isento de sebo, ossos, cartilagens, hematomas, coágulos, carimbo e reação de vacina”.

Agentes comunitários de saúde e outros servidores públicos municipais já começaram a distribuir os convites do almoço de casa em casa. É uma forma que a prefeitura encontrou para que somente pessoas que residem no município participem do almoço regado à picanha no Centro de Eventos Osvaldo Silva.

O prefeito João Cláudio (PP) afirma que cerca de 5 mil convites serão distribuídos entre moradores das zonas urbana e rural. Segundo estimativa deste ano do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Quinta do Sol tem 4.573 habitantes. “O prefeitura trabalha para a comunidade, por isso o almoço com picanha será gratuito”, disse.

Para o prefeito, servir picanha de graça à população não é ostentação, mas privilegiar quem mora em Quinta do Sol, em especial os munícipes com menor poder aquisitivo que terão a chance de comer uma carne nobre. “Há pessoas que nunca tiveram a chance de experimentar picanha e no aniversário da cidade terão”, afirmou

De acordo com João Cláudio, é possível servir picanha à população por que as contas da prefeitura e os salários dos servidores “estão em dia”. “São recursos são em prol da comunidade e os mais humildes de os que com melhor condições financeiras serão atendidos”, diz.

No ano passado, a administração municipal também serviu almoço de graça à população no aniversário da cidade, mas com corte americano traseiro, que hoje no açougue custa por volta de R$ 24.

O centro de eventos será aberto às 11 horas para o almoço com picanha na chapa no domingo (15) – a data de aniversário é 14 de dezembro. O munícipe precisa levar prato e talher. Já a bebida não é de graça. O dinheiro arrecadado com a venda será repassado a entidades assistenciais e de ensino.

Quem não tem convite da prefeitura poderá participar da festa a partir das 14 horas. Quatro shows constam da programação do evento. O principal é com a dupla dupla Rick & Renner, que vai fechar a noite do aniversário

Comente

Comentários

Copyright ®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).