Fale Conosco

Economia

Caged: Campo Mourão fecha dezembro com saldo negativo de 134 empregos

Em 2019, o resultado foi de 353 vagas formais

Publicado

em

Campo Mourão registrou saldo negativo de 134 empregos formais em dezembro de 2019, resultado de 512 admissões e 646 demissões, segundo o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgado nesta sexta-feira (24) pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

O estoque de postos de trabalho com carteira assinada fechou ano passado com 353 vagas. Em 2018, o saldo foi de 660 e, em 2017, negativo de 370.

Em dezembro de 2019, o pior resultado foi da construção civil, com saldo negativo de 70 vagas – 29 contratações e 099 desligamentos no período. O setor de serviços foi o segundo, com saldo líquido negativo de 35 empregos, correspondente a 185 demissões e 220 admissões.

Desempregado há pouco mais de 1 mês, Marcos Alves de Oliveira, 30, procura em Campo Mourão emprego na área da construção civil. Eles estava trabalhando de servente de pedreiro. “Esta difícil arranjar emprego em Campo Mourão. Já andei para cima e para baixo e nada”, disse Oliveira.

Ele foi nesta sexta-feria verificar as vagas ofertas da Agência do Trabalhador. Havia vagas para 22 funções: auxiliar de mecânico, assistente fiscal. borracheiro, chapista de lanchonete, cobrador, crediarista, embarcador externo, instalador de alarme, mecânico de automóveis, mecânico e eletricista para caminhões, mecânico de máquinas pesadas, modelista, operador de caldeira, operador de empilhadeira, operador de fresa, operador de injetora de plástico, representante comercial, técnico em manutenção de celulares, telemarketing, vendedor de consórcio, vendedor porta a porta e vendedor externo.

Paraná

Dados do Caged mostram que o Paraná encerrou o ano passado com saldo líquido de 51.441  empregos. Este é o melhor desempenho dos últimos 6 anos e representa crescimento de 24,28% em relação a 2018. 

Os setores que mais contrataram no Estado ano passado foram serviços (saldo de 32.311 vagas), comércio (13.610), construção civil (6.036) e indústria (1.462). 

Em dezembro, o resultado foi negativo em 22.757 vagas, a menor queda registrada desde dezembro de 2006.

País

Segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, o Brasil criou 644.079 empregos formais ano passado, diferença de 16.197.094 contratações 15.553.015 pessoas.

Trata-se do melhor resultado desde 2013 ,quando o saldo de postos com carteira assinado foi de 1,117 milhão. O resultado de dezembro de 2019 é o maior número de vagas formais abertas em 6 anos.

Comente

Comentários

Copyright ®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).