Fale Conosco

Cidade

Prefeitura reduz Festa Nacional do Carneiro do Buraco a 1 dia com almoço

Evento com o prato típico está marado para o dia 12 de julho no Parque de Exposições Getulio Ferrari

Publicado

em

A prefeitura de Campo Mourão reduziu a Festa Nacional do Carneiro no Buraco a um dia, em 12 de julho, com almoço com o prato típico, e transferiu a responsabilidade da promoção a entidades. O evento mais importante da cidade já deixou de ser realizado em 2017 e ano passado.

Uma reunião na quinta-feira (6) à tarde, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, definiu que o almoço será organizado pelo Sindicato Rural, Rotary Campo Mourão, Rotary Verdes Campos, Apae, Clube da Justiça, Aeroclube e Santa Casa. Uma comissão foi para buscar patrocínio.

O secretário municipal de Desenvolvimento, Carlos Alberto Facco, disse que a prefeitura poderá auxiliar as entidades na procura por patrocinadores e melhorias no Parque de Exposições Getulio Ferrari, mas não financeiramente.

O secretário afirma que a município “tem outras prioridades” e, por isso, não tem condições de patrocinar o evento que leva o nome de Campo Mourão a várias regiões do país. “A partir da definição do almoço temos a expectativa de ampliação do evento”, diz,

No ano passado, três entidades promoveram um almoço com o prato típico no parque de exposições porque a prefeitura não promoveu o evento. A justificativa foi dificuldade financeira.

Em 2018, conforme Relatório de Resultados da 27ª Festa Nacional do Carneiro no Buraco, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, de 4 a 8 de julho, o evento deu prejuízo de R$ 301,4 mil à prefeitura.

Segundo relatório, 11 entidades tiveram participação no evento e arrecadaram com a venda de bebidas, alimentos e do prato típico servido no domingo, último dia da festa.

Cerca de 20 mil pessoas participaram da abertura e foram montados estandes de 36 expositores e 11 empresas patrocinaram o evento.

Quem já conferiu a festa no parque de exposições diz que o mourãoense e moradores da região merecem um evento maior. “Tinha diversão e festa gerava renda para muita gente. Um dia só fica difícil”, disse a dona de casa Tereza Carvalho, 50 anos. “A festa era muito boa para a cidade e um dia só não é bom” afirmou o comerciante Hélio Sales, 53 anos.

Inquérito

Em julho do ano passado, a Promotoria do Patrimônio Público de Campo Mourão abriu inquérito civil para apurar indícios de ilegalidade em procedimentos licitatórios feitos prefeitura para a realização da 27ª Festa Nacional do Carneiro no Buraco.

Na ação, a 3ª Promotoria de Justiça considera que as informações apuradas apontam possíveis irregularidades e devem ser alvo de investigação.

O primeiro indício, segundo o inquérito civil, é a contratação da Associação Esportiva Panela de Campo Mourão (licitação 26/2018) para a preparação do prato típico no evento por meio da modalidade inexigibilidade, ou seja, de forma direta.

Outra é referente ao pregão 95/2018 para o aluguel de espaços no parque para montagem de barracas. Também é alvo de suspeita o pregão 96/2018 que teve como vencedora a empresa Nazza Comércio de Bebidas e Eventos, de Assaí, no norte do Estado, para exploração exclusiva do comércio de bebidas no parque durante a festa.

Outro ponto é a contração de empresa especializada em rodeio, por meio do pregão 107/2018. De acordo com a Promotoria, a empresa vencedora da licitação descumpriu, “supostamente”, os requisitos do edital.

Parque

Está marcada para o dia 9 de março a abertura de propostas na licitação da prefeitura para concessão do Parque de Exposições Getulio Ferrari. O edital da concorrência pública prevê contrato de 15 anos e investimento de R$ 800 mil em melhorias das instalações.

De acordo com o edital, o tempo de concessão pode ser prorrogado. A média do valor a ser investido no parque de exposições é de 53,3 mil por ano.

O parque, que fica às margens da BR-158, tem área total de 126,8 mil metros quadrados e 8,8 mil metros quadrados de edificações. Conforme o edital, os R$ 800 mil deverão ser investidos na transformação da arena de rodeio em multiuso para que eventos culturais, sociais e esportivos possam ser realizados; na readequação dos estacionamentos; modernização de galpões e barracas; e cercamento do parque.

Comente

Comentários

Copyright®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).