Fale Conosco

Saúde

Estado está atrasado na análise de exames enviados por Campo Mourão

Material coletado de casos suspeitos foram enviados ao Lacen na semana passada e não há resultados até agora

Publicado

em

UM familiar da professora internada na santa casa com suspeita de contaminação pelo covid-19, gravou áudio na manhã desta terça-feira relatando a situação

Campo Mourão continua à espera de resultados de 9 exames de pessoas com suspeita de infecção do Covid-19. O primeiro exame coletado na cidade está no Laboratório Central do Estado (Lacen) desde a última quinta-feira (19) e ainda não apresenta resultados conclusivos. A média do prazo de 72 horas, que teria sido informado às autoridades municipais de saúde, está expirado desde a tarde de segunda-feira (23).

No boletim da Sesa, publicado no final desta terça-feira (24), é citado que 8 casos estão sendo investigados em Campo Mourão, ainda sem qualquer conclusão. O número é conflitante com a informação da prefeitura de Campo Mourão que aponta a existência de 9 casos suspeitos, todos enviados ao Lacen e ainda sem análise.

O i44 News fez uma série de questionamentos, sobre a demora na realização de exames, à Secretaria de Saúde do Paraná, – por telefone e e-mail – mas não houve resposta até o momento da publicação desta matéria.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Sergio Henrique dos Santos, quatros exames que deram negativo para a Covid-19 na cidade foram feitos por um laboratório particular, contratado pelo município, e os casos de cinco pessoas em monitoramento foram descartados por melhora no quadro clínico e ausência de sintomas relacionados ao vírus.

Santos reconhece que há um atraso na informação divulgada pelo Estado. “Há um delay”, diz o secretário. Ele, no entanto, lembra que todos os suspeitos estão recebendo sendo tratados com os protocolos para o coronavírus como determinou o Ministério da Saúde.

Boletim da prefeitura divulgado às 18h desta terça-feira , revela o seguinte cenário na cidade:

Entubada

Uma paciente que aguarda resultado de exame pelo Lacen é uma professora universitária aposentada internada desde a última quinta-feira na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da Santa Casa.

Segundo familiares, a mulher segue em estado grave, com ventilação mecânica, mas está estável clinicamente. “Está tudo bem. Mas temos que ter paciência porque tomaram a decisão de mantê-la entubada por 15 dias”, afirmou um familiar em um áudio enviado a um grupo de WhatsApp. (Ouça o áudio acima)

Paraná

Boletim divulgado nesta terça-feira pela Sesa aponta 70 casos de coronavírus no Paraná. Dez nas últimas 24 horas em Curitiba (6), Telêmaco Borba (1), Paranavaí (1), Cascavel (1) e um paciente residente fora do Estado (Brasília).

Os pacientes são sete mulheres e três homens com idades entre 23 e 70 anos. Parte das confirmações se referem a pessoas que estiveram em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Dubai e Itália.

Das 70 confirmações, 65 pessoas residem no Estado e cinco em outros locais. Foram descartados 197 casos e 1.844 estão em investigação.

Laboratórios

A Sesa informou na segunda-feira que cadastrou quatro laboratórios privados para ajudar o Lacen em testes de pessoas suspeitas de contrair o novo coronavírus. São o Genoprimer e Unimed, em Curitiba, Sabin, em Brasília (DF), e Dasa, em São Paulo.

Conforme a secretaria, o cadastramento atende uma nova metodologia proposta pelo Ministério da Saúde para ampliar o mapeamento dos casos.

Brasil

O Ministério da Saúde informou nesta terça-feira que 46 pessoas morreram no país em decorrência do coronavírus, um amento de 35% em relação ao boletim do dia anterior.

O total de casos da Covid-19 confirmados no Brasil é de 2.201. Os óbitos estão concentrados em São Paulo (40) e Rio de Janeiro (6).

Comente

Comentários

Copyright®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).