Fale Conosco

Política

Coronavírus: Assembleia Legislativa confirma decreto de calamidade pública em Campo Mourão

Status permite que o município faça compras emergenciais sem fazer licitação

Publicado

em

A Alep (Assembleia Legislativa do Paraná) aprovou por unanimidade nesta quarta-feira (8) projeto de decreto legislativo para reconhecer declarações de estado de calamidade pública de 38 municípios, incluindo Campo Mourão, por causa da pandemia de coronavírus.

O status permite que os municípios façam compras emergenciais sem a realização de licitação e ultrapassar as metas fiscais previstas para custear ações de combate ao problema.

O decreto 8.469, publicado no Diário Oficial Eletrônico na segunda-feira (6), declara estado de calamidade pública em Campo Mourão “em virtude dos problemas de saúde pública e econômicos gerados pelo enfrentamento da pandemia de coronavírus”.

Na sessão remota desta quarta-feira da Alep, o deputado estadual Douglas Fabríciou (PPS) cobrou da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) ajuda técnica à Santa Casa de Campo Mourão porque quatros pessoas já morreram no hospital vítimas da covid-19. “Infelizmente, pessoas estão morrendo”, disse.

Antes, o secretário de Estado da Saúde, Beto Breto, havia afirmado em entrevista a um canal de tevê que Campo Mourão está chamando a atenção pelas mortes e que “talvez” deverá enviar uma equipe à Santa Casa para acompanhar a situação.

A prefeitura informou nesta quarta-feira a quarta morte por covid-19, um homem de 56 anos. Airton dos Santos Magalhães trabalhava no setor de transportes da Coamo. Segundo o boletim divulgado na terça-feira (7), o município tem 22 casos da doença confirmados.

Comente

Comentários

Copyright ®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).