Fale Conosco

Coronavírus

Prefeito descarta recomendações do MP e mantém comércio aberto

Tauillo Tezelli diz que decisões para o enfrentamento do coronavírus são tomadas com ‘responsabilidade’ e ‘seguem critérios’

Publicado

em

O prefeito Tauillo Tezelli (Cidadania) decidiu não seguir recomendações de representantes do MP-PR (Ministério Público do Paraná), MPT (Ministério Público do Trabalho), DPU (Defensoria Pública da União ) e NUCIDH (Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da Defensoria Pública do Paraná) e manter o comércio em Campo Mourão aberto.

Conforme a recomendação, a decisão de não revogar o decreto municipal 8.477 e posteriores que flexibilizaram a abertura do comércio deve ser acompanhada de justificativas com evidências técnico-científicas e apoiadas em informações estratégicas de Saúde.

As explicações da administração municipal devem mostrar que a população está cumprindo as normas de distanciamento social, que realiza fiscalização diária e responsabilização de infratores das regras referentes à precauções de contágio e comprovar que o município está organizado para atendimento de pacientes – inclusive no período de ápice dos casos de coronavírus – contando com estrutura física, recursos financeiros, pessoal e estoque de equipamentos de proteção individual (EPIs) destinados aos profissionais que atuam na Saúde, com quantidade e qualidade necessárias ao enfrentamento da pandemia.

O comércio reabriu no último dia 17 depois de ficar 26 dias fechado como medida de prevenção ao contágio do coronavírus. As lojas vinham funcionado das 10h às 16h.

Dede sábado (2), por causa do Dia das Mães, o horário de funcionamento do comércio foi esticado. Nesta quinta-feira (7), das 9h às 18h; na sexta-feira (8), até das 22h; e no sábado (9), das 9h às 17h.

A assessoria de imprensa informou que a prefeitura já encaminhou resposta às recomendações do Ministério Público, mas o teor não será divulgado.

No Facebook, o prefeito escreveu que todas ações tomadas até comento pela administração foram tomadas “com responsabilidade e seguindo critérios” e que “não houve aumento expressivo desde que decidimos pela abertura do comércio e o número de internações reduziu”.

Boletim de quarta-feira (6) da prefeitura mostra que Campo Mourão tem 45 casos confirmados de covid-19, quatro mortes causadas pela doença, 18 casos suspeitos e que 82 pessoas estão sendo monitoradas pelas autoridades de saúde.

Comente

Comentários