Fale Conosco

Economia

Campo Mourão encerra maio com saldo negativo de 219 empregos formais

No acumulado do ano, saldo é de -341 postos de trabalho com carteira assinada

Publicado

em

Campo Mourão fechou maio com saldo líquido negativo de 219 empregos formais, resultado de 329 admissões e 549 de demissões, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregado) divulgados pelo Ministério da Economia.

De acordo com o Caged, no acumulado do ano o saldo é de -341 postos de trabalho com carteira assinada, com 3.179 contratações e 3.520 desligamentos.

Em abril, o saldo já havia sido negativo em 382 empregos – 294 admissões e 676 demissões. Em janeiro, o saldo foi de 135 empregos. O desempenho em fevereiro foi de 126 vagas. Em março, o saldo ficou negativo em 5 postos de trabalho.

Paraná

O Estado registrou saldo negativo de 23.856 empregos com carteira assinada em maio. Foram 55.823 admissões e 79.674 demissões no mês, conforme o Caged.

Em abril, o resultado também foi negativo em 57 mil postos de trabalho com carteira assinada. No acumulado do ano, o Paraná tem saldo de -47.696.

Brasil

O país encerrou maio com 331.901 empregos formais. Trata-se do pior desempenho para o mês desde o início da série histórica, em 2010. Em abril, o resultado foi de -902.841 vagas.

Com o resultado de maio, as vagas acumuladas em 2020 somam 1.144.875, o pior desempenho para o período também desde 2010.

Em maio, 26 Estados registraram resultado negativo e apenas um, o Acre, teve saldo positivo, de 130 postos. Os piores desempenhos foram em São Paulo (-103.985), Rio de Janeiro (-35.959), Minas Gerais (33.695 postos) e Rio Grande do Sul (-32.106 postos).

O salário médio de admissão nos empregos com carteira assinada caiu de R$ 1.810,08, em abril, para R$ 1.731,33, em maio.

Comente

Comentários

Copyright ®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).