Fale Conosco

Cidade

Funcionários de estabelecimentos particulares de saúde podem ficar sem reajuste salarial

“O que estão querendo fazer é uma crueldade”, diz Nêumora Lira, secretária-geral do Sindsaúde

Publicado

em

Cerca de 3 mil funcionários de hospitais e clínicas médicas e odontológicas de Campo Mourão e cidades da região poderão ficar sem reajuste salarial neste ano e a carga horária de técnicos de enfermagem deverá aumentar de 36h para 44h horas semanais.

O Sindsaúde (Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviço de Saúde de Campo Mourão e Região) diz que as duas propostas foram feitas na sexta-feira (7) pelos patrões, mas ainda não formalizadas.

A data-base dos funcionários é maio. Mas até o momemo nada foi definido. O Sindsaúde pediu reajuste de 5%. “O que estão querendo fazer é uma crueldade”, disse Nêumora Lira, secretária-geral do Sindsaúde.

A Santa Casa de Campo Mourão é o maior empregador, com 620 funcionários. Os salários atuais são de 2.216 (enfermeiro) R$ 1.131 (técnico de enfermagem) e auxiliar odontológico e de farmácia e telefonista (R$ 1.121) e secretária de consultório, recepcionista e secretário de farmácia e de compras (R$ 1.102) e vigia , porteiro e zelador (R$ 1.087).

A presidente do Shessmar (Sindicato dos Hospitais, Estabelecimentos de Serviço de Saúde de Maringá), Edimara Lopes, afirma que a proposta de aumento da carga horária de técnicos de enfermagem está consolidada, mas o reajuste ainda não.

“Mas ninguém está falando em zero e é preciso deixar bem claro que vão ganhar mais por 44 horas”, disse.

Segundo Edimara, reuniões nesta terça-feira (11) deverão definir com os funcionários se haverá ou não reajuste salarial.

A justificativa para não reajustar salários são as demissões no setor durante a pandemia, com a economia enfraquecida. Em Maringá, 700 funcionários foram demitidos de estabelecimentos saúde particulares desde março deste ano.

Comente

Comentários

Copyright ®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).