Fale Conosco

Cidade

Para estacionar no centro, paciência; Zona Azul Digital está emperrada na prefeitura

Licitação para concessão do estacionamento rotativo foi aberta há mais de 3 anos

Publicado

em

Estacionar o carro na região central de Campo Mourão requer atenção e paciência. A implantação de um sistema de estacionamento rotativo poderia deixar a procura por vagas menos estressante para motoristas. Mas, a licitação aberta pela prefeitura há mais de 3 anos para a Zona Azul Digital não foi concluída até agora e a administração municipal sequer informa a previsão para conclusão do processo.

Recursos apresentados pelas empresas que estão na disputa da concorrência pública e explicações do processo ao TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) são algumas explicações para o atraso.

“É muito difícil encontrar uma vaga. Perde-se muito tempo com isso. O projeto da Zona Azul, que poderia resolver o problema, não foi para frente”, disse o advogado Elso de Sousa Novais, 47 anos.

Elso diz que recorre a estacionamentos particulares quando não encontra vaga para estacionar na via pública. Tem motorista, a exemplo do aposentado Francisco Assis, 67 anos, que nem se arrisca e deixa o veículo algumas quadradas de distância da área central. “Em Campo Mourão é complicado, por isso deixo o carro fora do centro e faço minhas coisas a pé”, afirmou Assis.

O decreto municipal 7.427, de 2017, estabelece as tarifas da Zona Azul Digital com base no que é cobrado em outras cidades. Os valores são de R$ 1 (30 minutos), R$ 2 (1h), R$ 3 (1hh30) e 4 (2h). Estipula 10 minutos de tolerância. O pagamento de aviso de irregularidade, quando o motorista deixa de pagar o estacionamento, foi colocado em R$ 10.

Pelas regras, os horários de cobrança do estacionamento são das 9h às 18h, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 13h, aos sábados. Aos domingos e feriados, o sistema ficaria fora de operação.

A Zona Azul Digital divide a abertura de vagas de estacionamento em seis etapas. No primeiro ano da concessão do serviço, a previsão é criar 1.748 vagas e, no sexto, 3.700.

A prefeitura não informou a previsão de conclusão da licitação, que foi lançada em agosto de 2017 e teve a apresentação das propostas das empresas em 22 de janeiro de 2018.

Comente

Comentários

Copyright ®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).