Fale Conosco

Eleições 2020

Candidaturas de Rodrigo e Dr. Ademir são deferidas pela Justiça Eleitoral

Candidatos disputam a prefeitura pela Coligação “Renova Campo Mourão”

Publicado

em

A Justiça Eleitoral de Campo Mourão deferiu as candidaturas a prefeito do empresário e ex-secretário de Planejamento e Coordenação Geral do Governo do Paraná, Rodrigo Salvadori (Progressistas), e de de vice-prefeito do médico Dr. Ademir (MDB).

As candidaturas são da Coligação “Renova Campo Mourão”, formada pelos partidos Progressistas, MDB, Podemos, PROS, PDT e DEM.

O MPPR (Ministério Público do Paraná) deu parecer favorável à candidatura de Rodrigo. A filiação dele ao Progressistas não constava na listagem da Justiça Eleitoral, mas ocorreu no dia 18 de março do ano passado.

Fotos e documentos divulgados pela mídia e ata notarial, com a presença do candidato e a presidente do Diretório Estadual do Progressistas, deputada estadual Maria Victoria Borghetti Barros, comprovam a filiação. Rodrigo é o presidente do diretório municipal do Progressistas.

No pedido do MPPR foi considerada a Súmula 20 do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), em que a regularização de filiação partidária aceita a apresentação de provas bilaterais, notícias e fotos do evento

Eleitores

Segundo dados do TSE, Campo Mourão tem 65.951 eleitores aptos a votar no dia 15 de novembro. O número é 9,7% maios em comparação com as eleições municipais de 2016.

Entres os eleitores, 53,8% são mulheres e 46,2% homens. As faixas de idade com mais eleitores são de 25 a 29 anos, de 30 a 34 anos, 35 a 39 anos e de 40 a 44 anos.

Votação

O TSE ampliou o tempo da votação neste ano devido à pandemia do novo coronavírus. As seções ficarão abertas das 7h às 17h. Das 7h às 10h será mantido um horário preferencial para que pessoas com mais de 60 anos possam votar. Nas eleições passadas. A votação começava às 8h e terminava às 17h. 

Veja o protocolo do TSE para o dia da votação

1 – O eleitor entrará na seção eleitoral e deverá se posicionar na frente do mesário, seguindo o distanciamento de um metro, conforme marcação no chão;

2 – Sem contato com o mesário, o eleitor vai erguer o braço e mostrar seu documento oficial com foto;

3 – O mesário vai ler o nome do eleitor em voz alta e pedir que ele confirme se a identificação está correta;

4 – O eleitor deve guardar seu documento;

5 – O eleitor deverá higienizar as mãos com álcool em gel que será disponibilizado; 

6 – Em seguida, deverá assinar o caderno de votação com sua própria caneta.

7 – Neste momento, o eleitor receberá seu comprovante de votação;

8 – O eleitor será autorizado pelo mesário para ir até a cabine de votação;

9 – O eleitor deverá digitar o número de seus candidatos na urna eletrônica e apertar a tecla confirma após cada voto para encerrar a votação. 

10 – O eleitor deverá higienizar as mãos novamente com álcool em gel e deverá se retirar da seção eleitoral. 

Comente

Comentários

Copyright ®i44 News. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do i44 News (redacao@i44.com.br).