Fale Conosco

Polícia

Servidores da Fundacam denunciam candidato a vereador por desacato e ameaça

Funcionários relataram na Polícia Civil que foram ameaçados por Marcio Nogaroli (PSDB)

Publicado

em

Servidores da Fundacam (Fundação Cultural de Campo Mourão) registraram boletim de ocorrência na tarde desta sexta-feira (6) contra o candidato a vereador Marcio Nogaroli (PSDB), da Coligação “A Força da União”, encabeçada pelo prefeito Tauillo Tezelli (Cidadania).

Os funcionários relataram que foram ameaçados e desacatados por Nogaroli no local de trabalho. Cinco servidores estavam no setor administrativo da Fundacam quando o candidato esteve no local.

Os servidores chamaram a Polícia Militar para contê-lo na Fundacam por volta das 13 horas e mais tarde registraram boletim de ocorrência na Polícia Civil.

Segundo o procurador jurídico da Fundacam, Ciro Broza, Nagaroli fez ameaças depois receber a informação que seu projeto cultural, denominado “Cinema nos Bairros”, receberia auxilio de R$ 3 mil e não de R$ 30 mil, como ele havia solicitado ao órgão.

“Ele chegou lá muito nervoso. Começou a atacar os servidores de forma verbal, ameaçando minha integridade física, a minha família”, disse Broza.

O procurador disse que Nogaroli falou que iria perseguir os servidores caso fosse eleito vereador. “Um fato muito triste, deu revolta nos servidores, muita confusão”, diz o procurador.

No boletim de ocorrência, os servidores relataram que Nogaroli afirmou que tiraria o emprego de todos da repartição se fosse eleito e que se encontrasse o procurador jurídico na rua iria agredi-lo.

O i44News não conseguiu localizar Nogarolli para falar sobre a denúncia.

Comente

Comentários