Fale Conosco

Saúde

Em quase 1 mês, número de casos de covid-19 cresceu 39% na Comcam

As mortes causadas pela doença aumentaram 12%

Publicado

em

Os diagnósticos positivos de covid-19 cresceram 39% em quase um mês na Comcam (Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão). O número de casos passou de 4.638, em 9 de novembro, para 6.450, na segunda-feira (7).  

A quantidade de mortes em decorrência do novo coronavíus aumentou 12% no mesmo período, de 122 para 137, com base em dados das secretarias municipais de Saúde.

Engenheiro Beltrão confirmou nesta terça-feira (8) a quarta morte pela covid-19, de um homem de 78 anos que estava internado na Santa Casa de Campo Mourão desde o dia 28 de novembro. O número de óbitos na Comcam chegou a 138.

As cidades com mais casos registrados de covid-19 na Comcam são Campo Mourão (21.490), Goioerê (454), Engenheiro Beltrão (327), Ubiratã (321) e Peabiru (305).

Os óbitos foram registrados em 23 das 25 cidades. Em Rancho Alegre do Oeste e Boa Esperança não há mortes causada pela covid-19. O município com mais óbitos são Campo Mourão (48), Goioerê (13), Araruna (9), Terra Boa (7), Janiópolis (6), Ubiratã (6) e Peabiru (6).

“Em novembro tivemos um quadro atípico devido ao feriado de Finados e também um certo relaxo da população devido às eleições, que achou que estava tudo normal”, disse Eurivelton Wagner Siqueira, chefe da 11ª Regional de Saúde de Campo Mourão.

Boletim de segunda-feira da prefeitura de Campo Mourão mostra que a cidade tem 278 casos suspeitos, que 873 pessoas estão sendo monitoradas e 2.132 se recuperaram da cvoid-19.

A taxa de ocupação da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusiva para covid-19 na Santa Casa, hospital de referência na região, na segunda-feira era de 89% e, na enfermaria, de 90%.

O Paraná registrou desde o início da pandemia 301.458 casos do novo coronavírus e 6.414 mortes, quase a população de Juranda, na Comcam, que tem 7.292 habitantes, segundo estimativa de 2020 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Comente

Comentários